Você está aqui
  1. Exercícios
  2. Exercícios de Sociologia
  3. Exercícios sobre mais-valia

Exercícios sobre mais-valia

Estes exercícios sobre mais-valia testarão seus conhecimentos sobre esse conceito de suma importância para a obra de Karl Marx.

Questão 1

(Uenp)

“Tá vendo aquele edifício, moço, ajudei a levantar.

Foi um tempo de aflição, eram quatro condução,

Duas pra ir, duas pra voltar.

Hoje depois dele pronto, olho pra cima e fico tonto,

Mas chega um cidadão e me diz desconfiado:

Tu tá aí admirado, ou tá querendo roubar.

Meu domingo tá perdido, vou pra casa entristecido,

Dá vontade de beber E pra aumentar o meu tédio, eu nem posso olhar pro prédio,

Que eu ajudei a fazer.

Tá vendo aquele colégio, moço, eu também trabalhei lá.

Lá eu quase me arrebento, pus massa, fiz cimento,

Ajudei a rebocar.

Minha filha, inocente, vem pra mim toda contente

Pai quero estudar.

Mas me diz um cidadão:

Criança de pé no chão aqui não pode estudar.

Esta dor doeu mais forte.

Porque eu deixei o Norte, eu me pus a me dizer.

Lá a seca castigava, mas o pouco que eu plantava,

Tinha direito de comer.

Tá vendo aquela Igreja, moço, onde o padre diz amém.

Pus o sino e o badalo, enchi minha mão de calo,

Lá eu trabalhei também.

Lá sim, valeu a pena, tem quermesse, tem novena,

E o padre me deixa entrar.

Foi lá que Cristo me disse:

Rapaz, deixe de tolice, não se deixe amedrontar.

Fui eu que criei a terra, enchi os rios, fiz a serra, não deixei nada faltar.

Hoje o homem criou asas, e na maioria das casas,

Eu também não posso entrar”.

(Música “Cidadão”, escrita por Zé Geraldo em 1981.)

Sobre a Mais-Valia, conceito de Karl Marx, o que é correto afirmar?

a) Karl Marx não tematizou a mais-valia e, sim, afirmou que ela era própria do período medieval, quando as pessoas viviam nos feudos medievais.

b) A mais-valia é o lucro que o burguês tem no final do mês, diferença entre receitas e despesas.

c) A mais-valia depende da capacidade administrativa de um proletário, que administra as rendas obtidas através da exploração do seu empregado burguês.

d) Karl Marx nunca falou em mais-valia e, sim, os marxistas que, equivocadamente, atribuem a Marx o termo.

e) É a diferença entre o valor da força de trabalho e o valor do produto do trabalho, sem a qual não existiria o capitalismo.

ver resposta


Questão 2

(UEL - 2008)

O capitalismo vê a força de trabalho como mercadoria, mas é claro que não se trata de uma mercadoria qualquer. Ela é capaz de gerar valor. [...] O operário é o indivíduo que, nada possuindo, é obrigado a sobreviver da sua força de trabalho”

(COSTA, 2005).

Segundo Karl Marx, a força de trabalho é alugada ou comprada por meio

a) da Mais-valia.

b) do Lucro.

c) do Salário.

d) da Alienação.

e) das Relações políticas.

ver resposta


Questão 3

Como Karl Marx determina o “valor de uso” ao falar sobre mais-valia?

a) Valor de uso é o valor que o dono do capital estipula arbitrariamente para seus produtos.

b) Valor de uso é o valor que é determinado pelas leis de mercado.

c) Valor de uso é o conceito que Karl Marx usa para explicar a forma utilitária pela qual o trabalho é visto pelo dono do capital.

d) Valor de uso é o valor de um produto determinado pela quantidade de trabalho aplicada em sua produção.

ver resposta


Questão 4

Sobre o conceito de mais-valia relativa, marque a afirmação correta:

a) Mais-valia relativa configura-se quando o dono do capital consegue aumentar a capitação de excedente de produção mediante o avanço tecnológico.

b) Mais-valia relativa é um conceito que faz referência à condição precária do trabalhador industrial.

c) Mais-valia relativa configura-se quando o dono dos meios de produção recolhe o excedente de produção.

d) Mais-valia relativa configura-se quando o capitalista aumenta o recolhimento dos excedentes produzidos por meio do aumento da jornada de trabalho.

ver resposta



Respostas

Resposta Questão 1

Letra “e”. A mais-valia é o termo utilizado por Karl Marx em referência ao processo de exploração da mão de obra assalariada que é utilizada na produção de mercadorias. Trata-se de um processo de extorsão por meio da apropriação do trabalho excedente pelo empregador.

voltar a questão


Resposta Questão 2

Alternativa “c”. Para Marx, o capitalismo baseia-se na relação entre trabalho assalariado e capital, mais especificamente na produção do capital por meio da expropriação do valor do trabalho do proletário pelos donos dos meios de produção.

voltar a questão


Resposta Questão 3

A alternativa “d”. O trabalho humano possui valor ao passo que a ação de transformar matéria-prima em um produto para consumo envolve a aplicação de tempo e experiência adquirida pelo trabalhador. Esse trabalho aplicado na produção de um produto, ou “valor de uso”, agrega o valor que o trabalho possui no produto final.

voltar a questão


Resposta Questão 4

A alternativa “a”. A concretização da mais-valia relativa estaria na não diminuição da jornada de trabalho e na manutenção do valor do trabalho aplicado ao produto independentemente do aumento da produção mediante ao avanço tecnológico.

voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
Assista às nossas videoaulas
  • Classificação dos verbos

    Teste como estão os seus conhecimentos sobre as diferentes classificação de verbos. Acesse!
  • Intertextualidade

    Solucione os nossos exercícios sobre esse interessante recurso da linguística textual.
  • Uso do gerúndio

    Você sabe quando o uso do gerúndio é correto? Fique ligado(a) para acertar todos os exercícios!