Você está aqui
  1. Exercícios
  2. Exercícios de Geografia
  3. Exercícios sobre teoria malthusiana

Exercícios sobre teoria malthusiana

Esta lista de exercícios permitirá medir os seus conhecimentos sobre os aspectos que caracterizam a teoria malthusiana, criada pelo economista Thomas Malthus, em 1798.

Questão 1

A teoria malthusiana, elaborada por Thomas Robert Malthus, no ano de 1798, tinha como premissa básica a defesa de que o crescimento populacional resultaria no

A) processo de homogeneização dos hábitos culturais da maior parte da população.

B) crescimento de epidemias em razão das péssimas condições de saúde pública.

C) progresso da expectativa de vida a partir da grande melhoria do saneamento.

D) aumento da vulnerabilidade social da população em razão da falta de alimentos.

E) estabelecimento de políticas públicas de atenuação dos movimentos migratórios.

ver resposta


Questão 2

O crescimento da população mundial ocorreu ao longo dos séculos e marcou a criação de teorias demográficas. A teoria malthusiana, por exemplo, foi criada no contexto da Revolução Industrial. Esse momento histórico resultou, em termos demográficos, no

A) alargamento da renda da população em razão das inovações advindas da instalação de indústrias.

B) aumento da população de imigrantes concentrados nas regiões mais desenvolvidos do globo.

C) processo de retração da população por causa do controle de natalidade presente nas cidades.

D) declínio da expectativa de vida devido ao rápido aumento da mortalidade de recém-nascidos.

E) crescimento da população urbana que migrou do campo em busca de melhores condições de vida.

ver resposta


Questão 3

A observação da dados demográficos contribuiu diretamente para a formulação da teoria malthusiana. Qual cenário, entre os descritos abaixo, indica o crescimento de uma população?

A) Atenuação do crescimento populacional e elevação dos índices de longevidade dos indivíduos.

B) Diminuição das taxas de mortalidade infantil e elevação dos índices de expectativa de vida.

C) Limitação do número de filhos por mulher e crescimento substancial dos casamentos.

D) Elevação da relação de número de filhos por mulher e crescimento da renda da população.

E) Retração do índice de desigualdade de renda e aumento expressivo do crescimento vegetativo.

ver resposta


Questão 4

O cenário demográfico defendido pelos malthusianos implicava um elevado crescimento demográfico. Uma das evidências desse crescimento estava centrada na

A) pequena renda das famílias urbanas.

B) elevação da mortalidade materna.

C) retração da desigualdade social.

D) melhoria das condições de saúde.

E) utilização de métodos contraceptivos.

ver resposta


Questão 5

O crescimento populacional alarmante era defendido pela teoria malthusiana. Conforme as ideias de Malthus, uma medida para evitar o aumento desenfreado da população era

A) estimular o acesso de toda a população urbana às medidas de saúde e planejamento familiar.

B) impedir as camadas mais pobres da população de terem filhos por meio de métodos morais.

C) estabelecer uma política pública de natalidade com previsão de um filho por família.

D) aumentar o volume de gastos públicos com medidas assistencialistas para toda a população.

E) distribuir métodos de contracepção para todas as famílias que tivessem mais de dois filhos.

ver resposta


Questão 6

A teoria de Malthus não se concretizou na realidade em razão de diversos fatores de cunho econômico, político e social. Nesse contexto, um dos elementos que contribuíram para esse cenário foi a

A) participação da população migrante no estabelecimento de planejamento familiar.

B) mecanização das lavouras, que resultou no encarecimento dos gêneros agrícolas.

C) modernização das práticas agrícolas, que culminou na maior oferta de alimentos.

D) diminuição da população urbana em razão das péssimas condições de saneamento.

E) substituição de mão de obra humana por máquinas e equipamentos nas indústrias.

ver resposta


Questão 7

Qual alternativa apresenta corretamente uma crítica à teoria de Malthus:

A) A defesa da diminuição de programas assistencialistas para desincentivar a natalidade.

B) A realização de pesquisas que defendiam a adoção de medicamentos contraceptivos.

C) A inobservância dos índices de crescimento da população urbana em relação à rural.

D) A ausência do conceito de sustentabilidade na análise da dinâmica demográfica local.

E) A homogeneização dos indicadores demográficos em razão da precariedade dos dados.

ver resposta


Questão 8

O cenário demográfico apontado pelos malthusianos, que defendiam que a população mundial cresceria em um ritmo de progressão geométrica, não foi registrado pelos levantamentos demográficos. Nesse contexto, um dos elementos que contribuíram para a superação dessa teoria e a criação de novas análises demográficas foi a

A) retração da natalidade em razão da política de filho único.

B) diminuição da população urbana nos países mais pobres.

C) moderação da taxa de reposição da população urbana.

D) elevação da mortalidade infantil registrada nas cidades.

E) explosão demográfica registrada nos países desenvolvidos.

ver resposta


Questão 9

(UPE 2021) Exposta em 1798, foi a primeira teoria demográfica de grande repercussão nos meios acadêmicos, políticos e econômicos e até hoje é a mais popular de todas, apesar das falhas que apresenta. Preocupado com os problemas socioeconômicos (desemprego, fome, êxodo rural, rápido aumento populacional) decorrentes da Revolução Industrial e que afetavam seriamente a Inglaterra, o seu autor expôs a famosa teoria a respeito do crescimento demográfico.

(Texto adaptado de FONTANA, R.L.M et al. Teorias demográficas e o crescimento populacional no mundo. Ciências Humanas e Sociais Unit, Aracaju, v. 2, n.3, março, 2015)

A que os autores do texto se referem?

A) Teoria malthusiana

B) Teoria marxista do crescimento populacional

C) Teoria do ecodesenvolvimento populacional

D) Teoria do desemprego e do crescimento populacional

E) Teoria de Moore do êxodo rural

ver resposta


Questão 10

(Fatec 2015) No final do século XVIII, o economista inglês Thomas Malthus escreveu um livro, no qual trabalhou a ideia de que a fome e a miséria são decorrentes do descompasso entre o crescimento populacional e a produção de alimentos.

Segundo Malthus,

A) o ritmo do crescimento populacional tende a diminuir à medida que os investimentos em educação aumentam.

B) o crescimento demográfico acelera a retirada dos recursos naturais, causando danos irreversíveis ao meio ambiente.

C) o crescimento acelerado da população nos países subdesenvolvidos é consequência e não a causa da miséria e da pobreza.

D) o aumento da população ocorre em progressão geométrica e a produção de alimentos aumenta em progressão aritmética.

E) o aumento da população faz com que os governos invistam cada vez mais em saúde, deixando de lado os investimentos produtivos.

ver resposta


Questão 11

(IFGO) Em conjunto com as grandes transformações econômicas, políticas e sociais do final do século XVIII e início do XIX, surgiram várias teorias e doutrinas que buscavam justificar, regular ou reformar a ordem capitalista burguesa. Uma dessas teorias foi a de Thomas Malthus (1766-1834). Em 1798, em sua obra Ensaio sobre a população, ele defendia uma série de teorias afirmando a importância do controle da natalidade, em que o bem-estar populacional estaria intimamente relacionado com o controle do crescimento demográfico do planeta. Malthus defendia que o crescimento desordenado acarretaria na falta de recursos alimentícios para a população, gerando, como consequência, a fome.

Tomando como base o que foi dito no texto acima, marque a alternativa correta.

A) Segundo Malthus, as mudanças climáticas são a causa maior da fome no mundo, pois períodos de estiagem e chuvas intensas provocam o desabastecimento de alimentos no mundo.

B) A teoria de Malthus, embora tenha sido feita no final do século XVIII e início do XIX, ainda é muito atual, pois ele previu que o desenvolvimento tecnológico, que temos na atualidade, poderia, se a sociedade desejasse, evitar a miséria e a fome no mundo.

C) Malthus foi um grande filósofo do século XVIII e início do XIX. Ele inspirou muitos pensadores iluministas que lutavam pela igualdade social e pelo fim da fome no mundo.

D) Para Malthus, a pobreza e o sofrimento eram inerentes à sociedade humana e, as guerras e as epidemias ajudariam no equilíbrio entre produção e população. Além disso, era preciso conter os nascimentos, limitar a assistência aos pobres, o que desestimularia o aumento da população.

E) Historicamente, as teorias de Malthus são frutos do contexto da Peste Negra na Europa, pois foi nessa época que grandes períodos de desabastecimento de alimentos provocaram muita fome e mataram milhares de pessoas.

ver resposta


Questão 12

(PUC-PR 2017) Leia o trecho da reportagem “Superpopulação: chegará o dia em que haverá gente demais para planeta de menos?”: “A cada ano, nascem 81 milhões de pessoas, o equivalente à população da Alemanha. Mantido esse ritmo, passaremos dos atuais 7,3 bilhões de habitantes para 9,6 bilhões em 2050, de acordo com as projeções da ONU. Embora não dê para estimar o máximo de pessoas que cabe no planeta, sabemos que os recursos que temos por aqui são limitados. A quantidade de água (em suas diferentes formas) e de terra é a mesma há milênios e, apesar de todo o avanço da ciência, nada indica que a humanidade será capaz de ampliá-las. Quando se combina muita gente a uma mesma quantidade de recursos, o resultado é a escassez. Apenas para ficar no básico, pode faltar água e alimento para todo mundo — que dirá saneamento básico, moradia, energia elétrica.”

BARROS, Mariana. Cidades sem fronteiras. Veja.com. Disponível em: http://veja.abril.com.br/blog/cidades-sem-fronteiras/debate/superpopulacao/.

A teoria ou reflexão demográfica implícita no texto é conhecida como:

A) teoria malthusiana, a qual afirma que o crescimento natural da população é diretamente proporcional à produção de alimentos.

B) teoria demográfica reformista, a qual afirma que o enfrentamento das questões socioeconômicas é o caminho para o equilíbrio na dinâmica demográfica.

C) teoria marxista, a qual afirma que a redução das taxas de natalidade e a consequente diminuição do crescimento demográfico são reflexos da melhoria da qualidade de vida da população.

D) teoria ecomalthusiana, defensora da ideia de que controlar o crescimento populacional é uma forma de se preservar a natureza.

E) teoria neomalthusiana, segundo a qual a pobreza, a fome e a miséria se explicam pela existência de uma população numerosa. Assim, a solução para o fim da pobreza está no controle demográfico.

ver resposta



Respostas

Resposta Questão 1

Alternativa D. A teoria malthusiana está baseada na argumentação de que o crescimento populacional exacerbado da população não seria acompanhado do aumento da produção global de alimentos. Portanto, esse cenário resultaria em um aumento da fome e da pobreza mundial.

voltar a questão


Resposta Questão 2

Alternativa E. A Revolução Industrial foi um dos elementos disparadores do chamado êxodo rural, fenômeno caracterizado pela saída das pessoas do campo para a cidade, em busca de melhores condições de vida. A teoria malthusiana reflete esse cenário, em especial, a preocupação com o aumento da população em um contexto de intensa urbanização.

voltar a questão


Resposta Questão 3

Alternativa B. Os indicadores populacionais são um conjunto de dados e informações que possibilitam uma avaliação sobre um determinado cenário demográfico. A diminuição da taxa de mortalidade infantil assim como a elevação da expectativa de vida são indicadores clássicos de crescimento populacional.

voltar a questão


Resposta Questão 4

Alternativa D. A melhoria das condições de saúde da população culminou, entre outros, na queda das taxas de mortalidade infantil. Assim, houve um maior crescimento da população, em especial, do grupo formado por crianças e jovens. Esse cenário resultou na preocupação dos malthusianos com um crescimento demográfico exacerbado.

voltar a questão


Resposta Questão 5

Alternativa B. A teoria malthusiana defendia o estabelecimento de medidas de controle populacional para minar o crescimento do número de indivíduos. Essas medidas tinham um cunho moral e retrógrado, como o desincentivo para que famílias pobres tivessem filhos.

voltar a questão


Resposta Questão 6

Alternativa C. A modernização das técnicas de cultivos agrícolas culminou no aumento expressivo da produção de alimentos, logo, não houve um cenário de desabastecimento alimentar conforme previsto pelos malthusianos.

voltar a questão


Resposta Questão 7

Alternativa A. A teoria malthusiana incentiva a adoção de políticas de controle populacional, porém essas medidas apresentavam, no geral, visões preconceituosas sobre a sociedade e seus indivíduos. A diminuição de programas de apoio social para as famílias mais pobres, por exemplo, era defendida pelos malthusianos, uma vez que, na visão deles, a ajuda governamental aos mais necessitados resultava em um incentivo à natalidade.

voltar a questão


Resposta Questão 8

Alternativa E. A explosão demográfica registrada nos países desenvolvidos, ao contrário do previsto pelos malthusianos, não resultou em um cenário catastrófico de crescimento populacional. Nesses países, a explosão demográfica foi um fenômeno pontual que culminou no maior crescimento econômico por meio da participação ativa da população em atividades de produção e consumo.

voltar a questão


Resposta Questão 9

Alternativa A. A teoria malthusiana foi delineada, na Inglaterra, em um contexto pós-Revolução Industrial. A principal preocupação dos malthusianos estava centralizada na possibilidade do aumento da vulnerabilidade social mediante o crescimento exacerbado da população.

voltar a questão


Resposta Questão 10

Alternativa D. A premissa básica da teoria malthusiana era a de que a produção de alimentos não acompanharia o crescimento da população. Desse modo, para os malthusianos, o crescimento populacional obedeceria a uma progressão geométrica, enquanto a produção alimentícia aconteceria em uma progressão aritmética.

voltar a questão


Resposta Questão 11

Alternativa D. A teoria malthusiana estava embasada, mediante a preocupação com o crescimento desordenado da população, na adoção de políticas de controle populacional. Desse modo, propunha-se a adoção de políticas de controle de natalidade, além da diminuição de políticas assistencialistas. No mais, questões relativas às crises de saúde e aos conflitos bélicos eram tidas como importantes para o controle do crescimento da população.

voltar a questão


Resposta Questão 12

Alternativa E. A teoria neomalthusiana é um desdobramento dos apontamentos realizados pela teoria malthusiana. Sendo assim, defende-se o controle populacional como o único mecanismo capaz de deter o impacto das vulnerabilidades sociais na sociedade.

voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • Elipse

    Resolva nossos exercícios sobre elipse para fixar seus conhecimentos!
  • Uso dos porquês

    Que tal exercitar seus conhecimentos sobre os porquês? Responda!
  • Verbos

    O quanto você conhece sobre verbos? Nossas questões te colocam à prova!