Você está aqui
  1. Exercícios
  2. Exercícios de Geografia
  3. Exercícios sobre deriva continental

Exercícios sobre deriva continental

sta lista de exercícios avaliará o que você sabe sobre os processos envolvidos na chamada teoria da deriva continental, como a movimentação das placas tectônicas.

Questão 1

Os primeiros indícios para fundamentação da teoria da deriva continental surgiram a partir de levantamentos das formas das massas terrestres que compõem os continentes. Nesse contexto, o principal indício que comprovaria a referida teoria é a semelhança entre os traçados da

A) porção norte do continente americano com a Sibéria.

B) costa leste da América do Sul com a porção oeste da África.

C) costa oeste da Europa com a porção leste da América do Sul.

D) costa leste da América Central com a parte oeste da Ásia.

E) porção sul do continente asiático com a Antártida.

ver resposta


Questão 2

Com base na formulação da teoria da deriva continental, aponte elementos considerados pelo pesquisador Alfred Wegener para justificar a movimentação dos continentes:

A) Existência de formações de relevo idênticas entre continentes distintos.

B) Ocorrência de tipos climáticos similares ao longo de todos os continentes.

C) Concentração de espécies animais e vegetais na porção setentrional do globo.

D) Atuação de correntes de ar em direções iguais ao longo das zonas costeiras.

E) Presença de fósseis e vegetação semelhantes em continentes diferentes.

ver resposta


Questão 3

Como é corretamente denominada a massa de terra única que deu origem aos continentes terrestres?

A) Eurásia

B) Pangeia

C) Gondwana

D) Himalaia

E) Laurásia

ver resposta


Questão 4

A movimentação das massas continentais, em um primeiro momento, deu origem a duas grandes massas de terra. Posteriormente, essas duas massas continentais foram desmembrando-se até a divisão geográfica atual dos continentes. Qual o nome dessas duas grandes massas terrestres?

A) Laurásia e Pangeia

B) Europa e Ásia

C) Laurásia e a Gondwana

D) Pangeia e Eurásia

E) Gondwana e Pangeia

ver resposta


Questão 5

A teoria das placas tectônicas foi importante para comprovar os processos de deriva continental. A principal evidência desse teoria apontou que

A) a crosta terrestre é fragmentada em porções litosféricas que se movimentam.

B) o manto apresenta dinâmicas climáticas que interferem na vegetação do globo.

C) o manto possui a capacidade de influenciar os agentes exógenos do relevo.

D) o núcleo emite ondas sísmicas que provocam a movimentação da crosta terrestre.

E) a crosta terrestre é responsável pela origem da movimentação da astenosfera.

ver resposta


Questão 6

Assinale um agente físico que atua na movimentação das placas tectônicas:

A) Os movimentos originados das células de convecção a partir do magma.

B) O processo de formação dos ventos alísios e contra-alísios no globo.

C) As forças oriundas das zonas intertropical e tropical do globo terrestre.

D) As rotas de circulação das correntes marítimas nas zonas oceânicas.

E) A atuação dos fatores erosivos na transformação das cadeias de relevo.

ver resposta


Questão 7

A movimentação das placas tectônicas é contínua e produz diversos efeitos sobre a superfície terrestre. Um exemplo é a

A) elevação do nível dos oceanos.

B) produção de correntes de ar.

C) migração dos polos terrestres.

D) formação de desertos frios.

E) expansão do fundo oceânico.

ver resposta


Questão 8

Qual fenômeno geográfico ocorre em razão da movimentação das placas tectônicas?

A) Lixiviação

B) Desertificação

C) Arenização

D) Tornado

E) Terremoto

ver resposta


Questão 9

(IFBA 2014) Grande maré de terremoto: esse é o significado da palavra tsunami em japonês. Os tsunamis são ondas gigantescas, com mais de 30 metros de altura, provocadas por perturbações nas profundezas do mar, como abalos sísmicos (maremotos), erupções vulcânicas ou deslizamentos no fundo oceânico.

Revista Geografia Vestibular 2013.

Baseando-se no texto e em seus conhecimentos sobre a dinâmica interna da Terra, é correto afirmar que

A) na Cordilheira dos Andes, localizada na porção oriental da América do Sul, é possível identificar o limite de placas convergentes, do tipo subducção.

B) os processos geológicos endógenos dizem respeito, de modo geral, a todos os fenômenos relacionados à sedimentação, ao transporte e à deposição.

C) a Cordilheira do Himalaia corresponde a uma formação orogênica resultante do movimento de placas divergentes.

D) ao longo da Dorsal Meso-Atlântica, é possível identificar o limite divergente entre as placas Sulamericana e Nazca.

E) a partir da teoria da deriva continental, de Alfred Wegener, instaurou-se, ao longo do século XX, a perspectiva de que a litosfera apresenta-se dividida em placas tectônicas.

ver resposta


Questão 10

(Unespar 2016) Geologia é uma das chamadas Ciência da Terra (…). Como ciência, a Geologia procura decifrar a história geral da Terra, desde o momento em que se formaram as rochas até o presente. Um conjunto de fenômenos físicos, químicos, físico-químicos e biológicos compõe o seu complexo histórico.

LEINS, V. AMARAL, S. E. Geologia Geral. 12. Ed. São Paulo; Nacional, 1995. p.3

Com relação à Geologia do planeta Terra, analise as preposições e assinale a incorreta.

A) Para datar uma rocha, utiliza-se a geocronologia, processo de cálculos fundamentado no decaimento radioativo, também chamado de “meia vida”, de elementos químicos como o urânio 238, o potássio 40 e o rubídio 87. “Meia-vida” equivale ao tempo necessário para que a metade de um núcleo atômico deixe de emitir radiação, transformando-se, com isso, em outro elemento químico.

B) Nosso planeta está internamente estruturado em três camadas principais: a litosfera, o manto e o núcleo, que se diferenciam pela temperatura, pressão, espessura, composição química e estado físico.

C) As rochas são agregados naturais de minerais que se formaram e se formam naturalmente na crosta terrestre, e, de acordo com a origem, podem ser ígneas (magmáticas), sedimentares ou metamórficas.

D) Há milhões de anos havia um único bloco continental, Pangeia, e um único oceano, Pantalassa. Esse bloco continental se fragmentou e deu origem a dois continentes, Laurásia e Gondwana, que, por sua vez, fizeram novas divisões e deram origem aos atuais continentes e mares. A causa dessas separações tem como hipótese principal o impacto de um grande meteorito.

E) A crosta terrestre (camada sólida da Terra) não é constituída por um único bloco e sim por diversos. Esses blocos são denominados placas tectônicas. Como as placas flutuam sobre o manto, há movimentos verticais e horizontais, por isso, uma placa pode ser “empurrada” sobre outra ou pode se afastar. O Brasil ocupa uma posição bem centralizada na placa Sul-Americana, e, por isso, não temos vulcanismos nem abalos sísmicos de grande intensidade.

ver resposta


Questão 11

(Udesc 2018) Eventos e processos astronômicos, geológicos e climáticos são responsáveis pela diferenciação na distribuição histórica e geográfica das espécies pelo planeta.

Sendo assim, assinale a alternativa que justifica a distribuição histórica e geográfica das espécies na Terra.

A) O isolamento geográfico da Austrália não foi suficiente para fazer surgir ali espécies de mamíferos que não são encontrados em outros continentes.

B) As glaciações ocorridas no final do período Cenozoico foram as responsáveis pela extinção dos dinossauros.

C) Na transição do período Mesozoico para o Cenozoico, o impacto de um meteoroide com a superfície terrestre provocou a extinção de animais como a preguiça-gigante, o tigre-dente-de-sabre e o mamute.

D) Animais como o elefante, o leão e a girafa existem na África, mas não no Brasil, pois, quando esses animais surgiram, a placa Sul-Americana já havia se separado da Gondwana.

E) O surgimento do oxigênio na atmosfera não afetou a distribuição das bactérias anaeróbias.

ver resposta


Questão 12

(IFRR 2019) Ao longo do tempo geológico, agentes endógenos e exógenos têm sido responsáveis pelo processo de formação, alteração e modelagem da superfície terrestre. Uma dinâmica que pode ser constatada nas diferentes paisagens e formas de relevo em toda extensão do nosso planeta. A mais temida falha geológica, a de San Andreas, que percorre o estado da Califórnia, causando terremotos em Los Angeles e São Francisco, é resultado da dinâmica desses agentes, sendo possível afirmar que:

A) Ela se originou dos intensos vulcões que modificaram o relevo submarino, dando formação a fossas oceânicas.

B) Seu aparecimento está associado ao movimento convergente na zona de obducção entre duas placas tectônicas.

C) Sua formação ocorreu devido a forças endógenas, ocasionando o movimento tectônico entre as placas Norte-Americana e do Pacífico.

D) Teve origem por meio do afastamento das placas oceânicas Nazca e Sulamericana, responsável pelo soerguimento da dorsal Mesoatlântica

E) Surgiu com a colisão entre duas placas tectônicas, no sentido tangencial, na zona de obducção, causando a origem de inúmeros vulcões no Círculo de Fogo do Pacífico.

ver resposta



Respostas

Resposta Questão 1

Alternativa B. Um dos principais argumentos utilizados pelo estudioso Alfred Wegener, por meio da teoria da deriva continental, é a semelhança entre o traçado da costa leste da América do Sul com a costa oeste da África. Essa semelhança indica, para o referido pesquisador, que ambos os continentes eram uma única porção de terra, fato comprovado posteriormente com o apoio da teoria da tectônica de placas.

voltar a questão


Resposta Questão 2

Alternativa E. A presença de fósseis de animais em diferentes continentes, assim como de tipos vegetacionais, foi um elemento elencado por Alfred Wegener para justificar que as massas continentais terrestres formavam uma única porção de terra. A movimentação das placas tectônicas que compõem a litosfera foi responsável pela movimentação e separação de espécies animais e vegetais.

voltar a questão


Resposta Questão 3

Alternativa B. O termo pangeia designa corretamente o conjunto de massas continentais que formavam uma única porção de terra. A palavra pangeia tem origem no idioma grego e significa “toda a Terra”.

voltar a questão


Resposta Questão 4

Alternativa C. A pangeia, por meio da movimentação das placas tectônicas, deu origem a dois continentes, que continuaram o processo de separação até a configuração continental atual. Esses dois continentes são denominados Laurásia e Gondwana.

voltar a questão


Resposta Questão 5

Alternativa A. A teoria da deriva continental indicou que a litosfera terrestre é formada por várias placas tectônicas, que se movimentam conforme forças presentes no interior da Terra. A principal evidência dessa teoria é justamente a divisão da superfície terrestre em várias placas de terra fragmentadas.

voltar a questão


Resposta Questão 6

Alternativa A. As correntes de convecção do magma são responsáveis pela emissão das forças que movimentam as placas tectônicas da Terra. Essas correntes atuam no interior terrestre e provocam a movimentação do magma, camada sob a qual deslizam as placas tectônicas, mais precisamente na faixa denominada astenosfera.

voltar a questão


Resposta Questão 7

Alternativa E. A movimentação das placas tectônicas produz, entre outras formações e transformações do relevo, a expansão do fundo dos oceanos. Esse fenômeno é perceptível, por exemplo, no oceano Atlântico (entre a América do Sul e a África), que, por meio da movimentação constante de placas tectônicas em direções opostas, vem aumentando seu tamanho.

voltar a questão


Resposta Questão 8

Alternativa E. Os terremotos são fenômenos gerados pela movimentação das placas tectônicas. Esses fenômenos são recorrentes em zonas de contato entre duas ou mais placas, que, por meio de fatores como a pressão, realizam um contato direto, provocando a movimentação da superfície terrestre.

voltar a questão


Resposta Questão 9

Alternativa E. A teoria da deriva continental apresentou as primeiras evidências de que os continentes terrestres compunham uma única porção de terra, mais tarde denominada Pangeia. A movimentação desses continentes só poderia ser causada pela fragmentação da superfície terrestre, ou seja, pelas placas tectônicas, que se movimentam lentamente, provocando mudanças na configuração dessas massas de terra.

voltar a questão


Resposta Questão 10

Alternativa D. A causa da separação das massas continentais terrestres é a movimentação das placas tectônicas. A superfície do planeta é fragmentada em grandes porções de terra, que se movimentam por meio da ação de fatores internos terrestres.

voltar a questão


Resposta Questão 11

Alternativa D. A separação dos continentes contribuiu de maneira direta para a localização de determinadas espécies vegetais e animais no planeta. A movimentação das placas tectônicas é uma das explicações para a diferença da distribuição animal entre regiões que possuem características geográficas similares.

voltar a questão


Resposta Questão 12

Alternativa C. A superfície terrestre é fragmentada em grandes porções de terra denominadas placas tectônicas. A movimentação dessas placas é constante ao longo do tempo, fenômeno que resulta em mudanças na configuração do relevo, principalmente em regiões tectonicamente ativas. No caso da falha geológica de San Andreas, a sua origem está atrelada ao afastamento entre as placas tectônicas Norte-Americana e do Pacífico.

voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • Elipse

    Resolva nossos exercícios sobre elipse para fixar seus conhecimentos!
  • Uso dos porquês

    Que tal exercitar seus conhecimentos sobre os porquês? Responda!
  • Verbos

    O quanto você conhece sobre verbos? Nossas questões te colocam à prova!